• adekat

6. Cultura de Inovação

Atualizado: 30 de Ago de 2019

Tendências que farão a diferença no Mercado Imobiliário em 2019


MUDANÇAS EXPONENCIAIS


A evolução humana está no limiar de transformações exponenciais sem precedentes. Relatório da EY - Ernst & Young, The upside of disruption - Megatends shaping 2018 and beyond prevê que estamos ingressando na "era da disrupção", que está transformando a vida cotidiana e remodelando os mercados, o comportamento e a experiência do consumidor.

O ambiente é volátil, incerto, complexo e ambíguo.

E tem empresas que ainda acreditam que podem seguir fazendo como sempre fizeram. Muitas vezes nem percebem que estão se tornando obsoletas. E que correm o risco de virar dispensáveis.

A empresa que não se preparar para antecipar, preparar e responder estrategicamente às mudanças estará fadada a extinção.

O abismo entre aqueles que abraçam a mudança e os que estão ficando para trás está crescendo rapidamente. O mercado está sendo dividido entre as empresas que moldam o futuro e as que são atropeladas por ele.


Velhas estratégias não funcionam mais

As mudanças aceleradas que estão ocorrendo no mundo levam até empresários emblemáticos como Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do país, a reconhecer que as velhas estratégias não funcionam mais.

Modelos tradicionais não dão conta das necessidades crescentes de inovação. Culturas produtivas que funcionavam no passado não funcionam mais. A causa é a falta de agilidade criativa para ação adequada frente aos novos ambientes.

Consumidores são mais críticos, tem muito mais acesso à informação.

Processos de trabalho tradicionais tem levado a produtos imobiliários encalhados, distratos, queda de preços, falta de diferencial e muitas ofertas parecidas.

De acordo com o presidente da Câmara Brasileira da Indústria de Construção (CBIC), José Carlos Martins, a indústria deve perder o medo de mudar. “A disrupção deve ser uma atitude”, salienta.

Organizações apenas reativas estão ficando rapidamente obsoletas e dispensáveis. Esperar pode ser fatal.


SABOTADORES DA INOVAÇÃO

Líderes empresariais costumam dizer que querem inovação. Mas, em geral, não tem uma atitude de valorização real da inovação.

O Brasil é apenas o 57º em uma lista de 63 países pesquisados pelo Índice Global de Inovação. Isso mostra o quanto nossa cultura de inovação é atrasada.

Os sabotadores da inovação nas empresas não são mal intencionados ou sabotam deliberadamente. Mas com boas intenções baseadas na experiência do mercado passado eles acabam mantendo o status quo e a estagnação em modelos pouco inovadores.

Condicionados a se concentrar no que é viável, em vez de no que é possível, profissionais bem intencionados acabam matando a inovação.

- Viável - é algo que pode ser realizado fácil ou convenientemente.

- Possível - significa que há trabalho duro a ser feito com resultados que precisam ser validados.

O desafio é desenvolver cultura e atitude de inovação.

Dizer valorizar a inovação e realmente valorizar e investir na inovação são coisas bem diferentes...


DESAFIO DA INOVAÇÃO

A inovação é pouco compreendida e marginalizada. Inovação é criação de valor.

A economia hoje é movida a ideias. O novo modelo econômico estimula a inovação. As ideias tornaram-se o fator de produção de maior valor frente aos fatores clássicos de produção(matérias-primas, trabalho e capital).

Se as empresas realmente percebessem o poder e o retorno da inovação, certamente a colocariam como prioridade.

A cultura de inovação é central. Inovação é essencial e é o ponto de partida de qualquer empreendimento. É fator chave de sobrevivência, crescimento e sucesso da empresa em meio às transformações do ambiente.


Benefícios da inovação

- Organizações que possuem fortes culturas de inovação lideram suas respectivas indústrias, relatam margens de lucro mais altas.

- Empresas de crescimento mais rápido têm um estreito alinhamento da inovação com as estratégias de negócios.

- Em tempos de mudanças aceleradas inovação é o principal foco estratégico das empresas.

- Aumenta receitas

- Diminui custos

- Aumenta eficiência

- Melhores resultados de posicionamento e desempenho

- Aumenta a satisfação do cliente

- Cria diferenciação

Organizações de sucesso se reinventam continuamente para se manterem competitivas. Para essas organizações, a inovação é prioridade. Identificam oportunidades, criam valor pela inovação.

A inovação cria vantagens duradouras e produz mudanças drásticas no posicionamento competitivo.

A solução para a aceleração das mudanças é a aceleração das inovações. A importância da inovação e do design está apenas aumentando.

Empresas precisam se desafiar, envolver e valorizar a inovação. A tecnologia só pode levar até certo ponto. A verdadeira diferenciação vem do investimento em inovação.

Pesquisas mostram que o sucesso hoje é resultado de uma estratégia focada em inovação, liderança orientada por propósitos e uma cultura verdadeiramente criativa e colaborativa. Para prosperar no mercado é necessário colocar a inovação no coração da cultura empresarial.


Atitude de inovação

- Libertar-se dos modelos tradicionais ultrapassados

- Adquirir um Mindset Flexível e Inovador.

- Priorizar realmente o investimento em inovação. Não apenas discurso.

- Enxergar o quadro amplo de tendências para antever as mudanças, ameaças e oportunidades.

- Agir criativamente frente às mudanças.

- Criar alternativas de forma acelerada e ágil.

- Conceituar os empreendimentos com ideias inovadoras.

- Criar valor e diferenciação.

- Fazer, errar, mudar, prototipar.

- Lidar proativamente com os riscos da inovação. Os riscos da não inovação são muito maiores.

- Testar e validar na prática

- Pivotar rápido, isto é, mudar de rumo e ajustar o enfoque com agilidade.

- Dinâmica aberta e colaborativa

- Ouvir as pessoas, o mundo e o que está acontecendo.

- Encorajar a criatividade e mostrar que novas ideias são bem-vindas.

- Encarar a inovação com o mesmo rigor e disciplina que trata finanças e operações

- Abertura à experimentação

- Cuidado com a repulsão natural ao novo, quando vemos algo diferente dos padrões que conhecemos.

- Avaliar as idéias inovadoras quanto ao potencial de negócios.

- Abrir para novas e diferentes idéias.

- Valorizar o pensamento não convencional.

- Pensar em melhores e diferentes maneiras de cativar os clientes e dominar o mercado.

Em tempos de mudanças a adaptação tem que ser dinâmica, criativa e adequada a cada situação.

Normalmente as estruturas das construtoras e incorporadoras é pesada e hierarquizada. Neste caso recorrer a uma empresa externa enxuta é mais barato e eficaz do que mexer em sua estrutura funcional.

Inovação é o que nos faz únicos e valorizados. Não só no produto, mas em todos os aspectos da empresa. Da experiência em torno dela à jornada do cliente. Produz uma experiência memorável, valiosa e significativa.


Moldar o futuro

Com a Era Exponencial, necessitamos de equipes interdisciplinares focadas em inovação e novas ferramentas, mais sofisticadas, eficientes e rápidas para enfrentar as mudanças aceleradas.

Consumidores mais informados têm expectativas mais altas e demandam novas e melhores soluções

Fazer a diferença não é apenas responder à demanda do cliente. É estar na vanguarda da demanda, levar e conduzir a mudança. Em vez de ir a reboque das mudanças, tornar-se um agente das mudanças. Moldar o futuro.


Inovação não é mais opcional. Experimente o poder e o retorno da inovação.

Projete seu conceito imobiliário com base em mudanças de comportamento e inovação.


Referências

2018 Global innovation 1000 What the Top Innovators Get Right

https://www.strategyand.pwc.com/media/file/2018-Global-Innovation-1000-Fact-Pack.pdf

Business subconsciously sabotages innovation: leaders must create a culture of innovation

https://bizshifts-trends.com/business-subconsciously-sabotages-innovation-leaders-must-create-a-culture-of-innovation/

Causas de fracasso na inovação na Construção Civil

https://www.buildin.com.br/causas-de-fracasso-na-inovacao-na-construcao-civil/

Construsummit 2018: o desafio de criar processo e cultura de startups nas empresas tradicionais

https://www.buildin.com.br/construsummit-2018-marcelo-nakagawa/

Habitação 10 anos no futuro - Onde estamos e para onde podemos ir. 2018. CBIC - Câmara Brasileira da Indústria da Construção.

https://cbic.org.br/wp-content/uploads/2018/05/CBIC-Habitacao_Rlatorio_Final.pdf

Inovação na engenharia civil

https://www.buildin.com.br/inovacao-na-engenharia-civil/

Oportunidades exponenciais

https://www.takedadesign.com.br/blog/oportunidades-exponenciais

Pronto para a era das mudanças exponenciais?

https://www.takedadesign.com.br/blog/pronto-para-a-era-das-mudan%C3%A7as-exponenciais

The business value of design. McKinsey Quarterly

https://www.mckinsey.com/~/media/McKinsey/Business%20Functions/McKinsey%20Design/Our%20insights/The%20business%20value%20of%20design/The-business-value-of-design-vF.ashx

The upside of disruption - Megatends shaping 2018 and beyond. EY Ernest&Young

https://www.megatrends2018.com/

What’s after what’s next? The upside of disruption - Megatrends shaping 2018 and beyond

3 visualizações