top of page
  • adekat

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E SEUS USOS NA ARQUITETURA


A Inteligência Artificial (IA) está causando uma verdadeira revolução em diversos mercados, incluindo o da arquitetura. Estas tecnologias ainda estão em uma fase muito embrionária de desenvolvimento, mas ainda assim oferecem inúmeros benefícios para os arquitetos. Graças a IA, é possível fazer projetos mais completos, mais precisos, melhor adaptados às necessidades dos clientes e ainda reduzir os riscos e os custos, tanto para o incorporador quanto para o consumidor final.


Este artigo busca mostrar as, o alcance e as possibilidades que a Inteligência Artificial proporciona para os profissionais da arquitetura e suas ramificações. Mostraremos aplicabilidades, benefícios e ferramentas que podem ser utilizadas por arquitetos para tornar seu trabalho melhor, mais prático, assertivo e veloz. Também abordaremos as questões que devem ser levadas em consideração ao trabalhar com este tipo de ferramenta.


Diversos benefícios estão atrelados ao uso da Inteligência Artificial na rotina de trabalho dos arquitetos e isto serve para todas as etapas do projeto: da criação à execução e é possível ir além, utilizando IA para a renovação e manutenção das estruturas existentes. Dentre os benefícios dos usos da IA para arquitetura, valem a pena ser destacados:


  • Design Generativo: O design generativo nada mais é do que um método onde algo é criado por meio do uso de algoritmos. Com esta funcionalidade,  inteligência artificial já está sendo usada para criar designs arquitetônicos inovadores, explorando uma infinidade de possibilidades e otimizando o processo criativo; 


  • Sustentabilidade: A inteligência artificial está sendo usada para tornar os edifícios mais sustentáveis, seja através da otimização do uso de energia ou até mesmo de materiais e recursos naturais. Isto é feito por meio da análise de dado e simulações;


  • Visualização arquitetônica: A visualização arquitetônica talvez seja um dos usos mais incríveis de IA na arquitetura. Através deste uso, é possível vislumbrar projetos realistas de arquitetura antes deles ficarem prontos. Isso colabora com a comunicação com clientes e na tomada de decisões de design;


  •  Agilidade em processos repetitivos: Trabalhos operacionais e repetitivos podem ser colocados sob responsabilidade de uma inteligência artificial, mas administrada por uma pessoa.  Isso irá garantir uma maior velocidade e um maior volume na entrega. Ao profissional, cabe definir as premissas e diretrizes que devem ser seguidas em cada projeto.

Atualmente apenas a máquina não consegue desenvolver um projeto de arquitetura do começo ao fim, desde a ideia até os detalhes construtivos. São diversos programas diferentes que contribuem à sua maneira em tarefas específicas, o que leva a necessidade de ter, muitas vezes, mais de um programa baseado em Inteligência artificial atuando ativamente no projeto ao mesmo tempo. Dentre os programas disponíveis no momento da atual pesquisa, destacamos:


  • Midjouney: Midjouney talvez seja o mais famoso gerador de texto para imagem gerido por inteligência artificial que temos até o momento. É uma ferramenta voltada para reprodução em diferentes estilos de artes, criando sempre imagens criativas e, muitas vezes, abstratas;


  • Chat GPT: Talvez esta seja a mais famosa ferramenta de IA do momento e pode ser muito útil para arquitetos, em todas as áreas. Este programa consegue compreender e escrever textos em diferentes línguas. Um arquiteto poderia utilizá-lo para fazer descrições de seus projetos e relatórios, por exemplo;


  • Gemini: O principal concorrente do Chat GPT, é um chatbot de inteligência artificial da Google, que cria textos que tendem a ser definidos como “naturais”, como se tivessem sido escritos por humanos;


  • Dall-E: Mais uma ferramenta que transforma textos em imagens. Neste caso, é possível criar renders, fazer visualizações realistas de projetos e, também, utilizá-la para processos de ideação, fomentando a criatividade;


  • Interior AI: Uma ferramenta desenvolvida para arquitetos e designers de interiores. Ele transforma texto em imagens e também pode, por exemplo, transformar um esboço em uma imagem realista de interior;


  • Stable Diffusion: Este software utiliza de outras imagens como base para criar imagens realistas, isto pode fornecer um material único ao arquiteto que o utilizar, fazendo com que diversos processos se tornem mais ágeis.

Agora que já sabemos quais os benefícios de utilizar ferramentas de inteligência artificial na arquitetura, e também fomos apresentados a alguns softwares que podem ser muito úteis no dia-a-dia do arquiteto, temos outro ponto que vale a pena salientar.


Quais cuidados devemos ter ao utilizar a IA na arquitetura? Esta é uma pergunta pertinente e importante. A primeira questão que está sendo discutida quando o assunto é IA utilizada por arquitetos, gira em torno dos direitos autorais dos projetos.


Mesmo as ferramentas de Inteligência Artificial que convertem textos em imagem, elas têm um banco de dados com diversas referências que, por sua vez, são criações de outros arquitetos e protegidos por direitos autorais.


Dito isso, vale a pena salientar que, ao utilizarmos qualquer ferramenta de inteligência artificial na arquitetura, devemos fazê-lo de uma maneira que seja responsável e ética.


A Takeda Design sempre está buscando inovações para entregar projetos paisagísticos com a melhor qualidade possível para os nossos clientes.


Alta criatividade e agilidade na ideação dos projetos são duas características que nos acompanham desde o começo da nossa história. Com isto em mente, acreditamos que as ferramentas de inteligência artificial podem colaborar muito com a arquitetura, tendo um profissional dando os direcionamentos corretos para ela operar, isso salvará tempo e aumentará a qualidade da entrega final.

 

Gostaria de criatividade, agilidade e assertividade para o projeto do seu empreendimento? Entre em contato conosco, será um prazer atendê-lo.





23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page